terça-feira, 19 de junho de 2007

Não por acaso

Super cinza, super deprezinho. "Não por acaso"*, super São Paulo. O Rodrigo, lindo, super rústico. Ai. Super ai.

Apesar de cinza, o filme não deixa uma sensação negativa no final. Muito pelo contrário: o final é super "óun".

* Não peço perdão por meus trocadilhos. As pessoas deveriam pedir desculpas por pedirem perdão a cada trocadilho.


3 comentários:

Si disse...

Rê hj eu lembrei de vc. Mto. Avaliação no trabalho e me vinha tua última história da cabeça. Fui forte (?) consegui não ser irônica nem jogar na cara todas as flahas dela. Segurei, afinal, ainda tenho 1 mês para desmascará-la, e com prazer... Mas nada como um dia após o outro... Hj mesmo veio a conirmação contrária do que ouvi pela manhã... bofetão com luvas de couro... vivendo e aprendendo a jogar...
Kisses

Lilianne disse...

O Rodrigo Santoro é mesmo tudo, mas aquela namorada dele, a Ellen Jabbour, é muito feia com aquela franjinha démodé.

Lilianne disse...

Fora ela parecer dez anos mais velha que ele...